quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

solidão

Imagem: google imagens


sólido que deixa dolorido...
uma saudade, mas de algo que não sei o que.

"sai do sóli, minini!",  já dizia Manolis...



soli

dão

talvez um sólido bem grandão!

talvez seja por isso que pesa tanto.
estar só.

quando com alguém e se sente assim, parece pesar mais.
antes fosse mesmo sólido, pra poder pegar, conhecer, quebrar.

mas nada parece tão etéreo como a solidão.

estar só é um estado curioso
sentir solidão pode ser doentio, prejudicial, maléfico, venenoso para o corpo, para a alma.

mas pode ser rico em questão de conhecimento de si, dos outros, de alguma coisa que acontece.. ("no meu coração".. rs é. também).

solidão é mais que um estado sólido, talvez seja um estado físico.
talvez da física maluca em que tudo é possível, mas quase nada é aplicável.
talvez do físico da gente, que insiste.

solidão faz a gente sentir falta
de algo. mas a gente nunca sabe o quê.
a gente só descobre quando encontra, mas daí...

não tem mais sólido pra sentir nada igual..

[apenas suposições...]

Nenhum comentário: